Desfile cívico-militar deve reunir hoje mais de seis mil pessoas em Campina

Ponto alto na programação da Semana da Pátria, o desfile cívico-militar vai reunir mais de seis mil pessoas integrantes das 58 instituições civis, militares, religiosas e escolares, que vão se apresentar na avenida Floriano Peixoto, em Campina Grande.

O evento acontece em alusão à Independência do Brasil, comemorada no dia 7 de Setembro.

De acordo com a programação, as atividades serão iniciadas a partir das 7h, com o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Paraíba e de Campina Grande. Na ocasião, a Filarmônica Epitácio Pessoa executará os hinos Nacional Brasileiro, da Independência e de Campina Grande.

Em seguida, às 8h, ocorrerá a revista às tropas no trecho da avenida Floriano Peixoto entre o viaduto e o Teatro Municipal Severino Cabral, por onde vão passar as instituições. Após a revista, será iniciado o desfile, a partir das 8h30.

Realizado pela Prefeitura Municipal de Campina Grande, através da Secretaria de Educação, o desfile vai abordar o tema “Cidadania e Sustentabilidade”, parte do projeto pedagógico do Sistema Municipal de Ensino, enaltecendo o direito à cidadania e a importância das práticas de sustentabilidade para o meio ambiente.

Desfiles nos Distritos

Além do desfile em Campina Grande, também serão realizados desfiles cívicos-militares nos distritos de Galante e São José da Mata, mantendo a tradição de descentralizar as comemorações do 7 de Setembro desde 2013.

Em Galante, o desfile vai acontecer na tarde do dia 7 a partir das 14h, com a participação de 24 entidades, representadas por um público de, aproximadamente, 2,5 mil pessoas.

Já em São José da Mata, o desfile vai acontecer na tarde do domingo, 8, a partir das 14h, com a apresentação de 28 entidades reunindo, no desfile, cerca de 3 mil pessoas.

imagem
Prefeitura divulga plano de mobilidade do feriado de sete de

setembro e STTP anuncia implantação da CicloMob

A Prefeitura de Campina Grande já divulgou  o plano operacional de trânsito e transportes para o feriado de sete de setembro, a ser executado por meio da STTP que terá ala especial de educação de trânsito e o lançamento, durante desfile cívico, da implantação da equipe “Ciclomob”.

De acordo com o cronograma de ações da operação “Sete de Setembro”, a STTP estará apoiando o desfile cívico já a partir das 05hs da manhã, com a participação de todos os seus setores de trânsito, transportes, e a divisão de sinalização, através da interdição de ruas, disponibilizando cavaletes e cones.

Novamente este ano também haverá a participação de várias equipes do setor de educação de trânsito durante o desfile cívico, com destaque para ala especial com apresentação de dois pelotões, como o de “Paz no Trânsito”, referenciando o Dia Municipal da Paz no Trânsito, e um outro formado por “Agentes Mirins”, onde cerca de 50 crianças filhos de funcionários da STTP e de colaboradores da comunidade. O desfile contará ainda com a representação de alunos e da banda fanfarra da escola municipal Anis Timanis, integrando a equipe educativa da STTP.

Ciclomob – A novidade deste ano será a apresentação de uma nova equipe de agentes de trânsito que em bicicletas, estarão focados na fiscalização das ciclovias e ciclofaixas, e outros pontos específicos da cidade como faixas de pedestres, além de colaborar nas campanhas educativas voltadas para a redução de acidentes. Essa equipe conta com a trabalho de oito ciclistas agentes de trânsito, devidamente capacitados para realizarem o novo projeto.

Interdições de Trânsito – Para que o objetivo do plano de mobilidade de “Sete de Setembro” seja alcançado durante todo o evento, é necessário realizar ações nos arredores da Av. Floriano Peixoto, dando assim maior segurança e tranquilidade aos participantes. A STTP contará com um efetivo de sessenta agentes de trânsito, distribuídos da seguinte forma: dezoito motocicletas; sete viaturas, oito bicicletas, e duas caminhonetes de suporte. Esse efetivo será distribuído em dois turnos em Campina Grande, pela manhã, e a tarde no desfile do Distrito de Galante. Já no domingo uma equipe de quinze agentes estará dando suporte durante o evento de desfile cívico no distrito de São José da Mata.

Ainda conforme planejamento da gerencia de trânsito, na logística do dia 7 de Setembro serão utilizadas viaturas e motocicletas, dando suporte e desenvolvendo as atribuições da STTP, desde a locomoção do efetivo do Exército, do quartel da Palmeira até a área de concentração do desfile, e como também participando do desfile, encerrando a apresentação das Forças de Segurança.

Conforme planejamento operacional da gerencia de trânsito da STTP, fica assim programado os trechos com interdições de trânsito:

– Viaduto – O fluxo proveniente da Av. Manoel Tavares será desviado para o acesso à Av. Giló Guedes. O fluxo proveniente da Av. Janúncio Ferreira e da Rotatória serão impedidos de adentrar à Av. Floriano Peixoto.

– R. Tavares Cavalcante (próximo ao Sintab) – O local será reservado para a concentração das escolas que irão desfilar no evento.

– Praça da Bandeira x Getúlio Vargas – O local será reservado para a montagem do palco e área de apoio às autoridades. O fluxo será desviado para a Av. Getúlio Vargas.

– R. Sebastião Donato x Av. Floriano Peixoto – O acesso à Av. Floriano Peixoto (CLIPSI) será interditado, exceto para os ônibus provenientes do Terminal de Integração.

– Av. Floriano Peixoto X R. Rui Barbosa – O fluxo remanescente da Av. Floriano Peixoto, sentido centro, será desviado para a Rua Rui Barbosa em direção à Rua Treze de Maio.

Para tanto, nesses trechos também será constatada a presença de dezoito fiscais de transportes, que estarão auxiliando na orientação aos motoristas de ônibus sob as rotas que serão afetadas nestas operações.

Transporte Coletivo – A Divisão de Controle Operacional, da gerência de transportes, preparou um esquema especial que estará garantindo aos campinenses acessos de embarques e desembarques mais próximos ao local do evento.

A frota de transporte coletivo estará em operação especial até as 14 horas, horário previsto para o término do evento, com frota normal desde as primeiras horas da manhã, atendendo a todos os bairros da cidade, com espelho do quadro de horários executados durante a semana.

Considerando as interdições de ruas necessárias e já previstas para a realização do desfile, algumas linhas de ônibus terão seus itinerários modificados, na área central, enquanto durar a festividade.

Em razão da interdição de via rotatória do Viaduto (Av. Floriano Peixoto – Boi e Brasa), as rotas de ônibus serão desviadas para a Av. Janúncio Ferreira, seguindo pela Rua Vigolvino Wanderley, Rua 7 de Setembro.

Já em outro ponto de interdição (Av. Floriano Peixoto – Teatro Municipal – Praça Clementino Procópio – Antigo Posto Futurama), as rotas de ônibus serão desviadas para as Ruas Treze de Maio, Rui Barbosa e Afonso Campos.

Como no ano passado, haverá modificação na saída dos ônibus do Terminal de Integração, sentido Teatro Municipal/Catedral. Ainda dentro do plano de mobilidade, esse modal de transporte seguirá normalmente pela Av. Mal. Floriano Peixoto e seguirão pelo desvio no cruzamento com a Rua Rui Barbosa, seguindo seu destino pela Rua Treze de Maio.

Para informações adicionais sobre o plano de mobilidade urbana de “Sete de Setembro”, a STTP disponibiliza o telefone de atendimento à população, através do 3341.1517, e o site www.sttpcg.com.br.

Feira Central funciona normalmente neste sábado de feriado

A Associação dos Feirantes do Mercado Central de Campina Grande, AFEMEC, decidiu que Feira Central funcionará normalmente neste sábado, feriado  de 7 de setembro.

Segundo Agnaldo Batista, Gerente da Feira Central, sempre que ocorre um feriado no sábado, que coincide com o dia da feira,   por determinação do prefeito Romero Rodrigues, são os feirantes que decidem antecipar ou não, e essa maneira democrática tem surtido efeito positivo.

O funcionamento da feira é praticamente diário, com maior intensidade na sexta-feira e no sábado, principalmente no sábado, quando  pessoas de cidades vizinhas vêm fazer compras ou comercializar, já que muitos também trabalham em feiras de outras cidades, que ocorrem em dias alternados.

“ Quando  antecipamos  ou adiamos o funcionamento da Feira Central, por conta de um feriado, o prejuízo é muito grande, daí por orientação da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente-Sesuma, a quem estamos subordinados, as decisões são tomadas em conjunto com a Associação dos feirantes e até hoje tem dado certo”, frisou Aguinaldo.

imagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO