Aulas do Projovem Urbano começam dia 23 de Julho para 400 alunos

projovemAs aulas para as novas turmas do Programa ProJovem Urbano começam no próximo dia 23 de julho em Campina Grande. Nesta edição, o curso atenderá 400 alunos com idade entre 18 e 29 anos, priorizando jovens que moram em bairros considerados mais vulneráveis à violência. O ProJovem garante aos estudantes a oportunidade de concluir o ensino fundamental, além de oferecer qualificação profissional e inclusão digital.

Podem participar do programa, jovens que saibam ler e escrever, mas que ainda não concluíram o Ensino Fundamental II. Além do curso gratuito, o ProJovem ainda oferece fardamento, kit de material escolar e livros didáticos sem custo para o estudante. O aluno do programa também tem direito a receber uma bolsa-auxílio no valor de R$ 100,00 mensais, desde que frequente no mínimo 75% das aulas e entregue as atividades.

Serão contemplados quatro bairros de Campina Grande: com atividades nas Escolas Municipais Padre Emídio Viana (Bairro de Jeremias), Marias das Vitórias (Bairro das Cidades), Ceai João Pereira de Assis (Bairro do Catolé) e Manoel da Costa Cirne (bairro do Pedregal). As equipes do ProJovem realizaram um trabalho de busca ativa nestas localidades, indo de porta em porta para identificar jovens com o perfil do curso.

Os interessados deve fazer a matrícula diretamente nas escolas participantes. Ainda há vagas nas escolas Padre Emídio Viana e João Pereira de Assis, enquanto as demais escolas só estão recebendo inscrição para cadastro de reserva. Os jovens participam de um curso com duração de 18 meses ininterruptos, com carga horária total de duas mil horas.

“O ProJovem vem trazer à juventude uma política de intervenção numa perspectiva inovadora, onde aglutina a educação básica, qualificação Profissional para o mundo do trabalho e a ação comunitária. O Programa contribui para a reinserção do jovem na escola e no mundo do trabalho, identificando novas oportunidades à juventude”, explicou a coordenadora do ProJovem Urbano em Campina Grande, Ana Lúcia Soares.

QUALIFICAÇÃO
Os alunos matriculados participarão de aulas de qualificação profissional na área de alimentação, direcionadas às funções de cozinheiro auxiliar, chapista, vendedor ambulante e repositor de mercadorias. Uma vez por semana, haverá aulas de informática. Os jovens são ainda estimulados a exercer a participação cidadã, através da elaboração e execução do Plano de Ação Comunitária (PLA).

PAIS E MÃES
Para garantir que jovens que já são pais e mães possam participar das aulas, o ProJovem Urbano oferece em cada escola participante uma sala de acolhimento aos filhos dos estudantes matriculados. A sala de acolhimento receberá crianças com idade entre zero e oito anos, com permanência durante as aulas. Há ainda oferta de merenda.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO