Campina Grande atualiza mudanças no calendário de vacinas e planeja campanhas de vacinação

VacinaHPVCampanha de imunização contra HPV será em março e contra H1N1 em abril.

O Calendário de Vacinação foi modificado pelo Ministério da Saúde em todo o país. A partir de 2017, seis vacinas terão a faixa etária do público-alvo ampliada, principalmente as que envolvem crianças e adolescentes. Vacinas para adultos e gestantes também sofreram mudanças.

MUDANÇAS NAS VACINAS

Uma das novidades é com relação à vacina contra a Meningite C. Antes eram oferecidas duas doses, aos 3 e 5 meses, e um reforço até 2 anos de idade. Agora o reforço poderá ser até os 4 anos. A vacina também passa a ser ofertada para adolescentes de 12 e 13 anos de idade e será ampliada gradativamente para crianças de 9 e 10 anos até 2020.

O novo Calendário traz a cobertura da imunização contra o Papilomavírus Humano (HPV) para meninos de 12 a 13 anos. As meninas, que antes eram vacinadas dos 9 aos 13 anos, também poderão ser imunizadas até os 14. Homens com HIV e Aids entre 9 e 26 anos também poderão ser imunizados. As mulheres nesta faixa etária vivendo com o vírus já tinham direito à vacina. Imunodeprimidos, como transplantados e pacientes com câncer, também passam a receber a imunização.

A vacina que protege contra a Hepatite A era administrada até no máximo 2 anos e agora vai até os 5 anos de idade. A Tríplice Viral, que imuniza do sarampo, caxumba e rubéola, era dos 15 meses aos 2 anos e passa a ser até os 4 anos de idade. A segunda dose, que devia ser aplicada até os 19 anos, pode ser até os 20 a partir de 2017. Para adultos de 30 a 49, permanece a orientação de dose única. Tem mudança também na Tetra Viral, que além do sarampo, caxumba e rubéola, imuniza ainda contra a varicela. A vacina foi ampliada para crianças de até 4 anos. Antes era só até 24 meses.

Para as gestantes, tem alteração importante no calendário de vacinação. A dTpa adulto, que age prevenindo Difteria, Tétano e Coqueluche, não é ofertada mais após o parto, e sim, a partir da 20ª semana da gestação.

“Todas as ampliações da cobertura vacinal foram realizadas para aumentar a proteção em saúde de crianças, adolescentes, adultos e gestantes. As vacinas serão disponibilizadas nas unidades saúde de Campina Grande a partir deste mês de março”, explicou a Coordenadora de Imunização do município, Miralva Cruz.

CAMPANHAS

O Ministério da Saúde definiu que o mês de março será de campanha do HPV para aumentar o acesso de meninos à vacinação. Outra campanha importante, a da vacina contra a Influenza, já tem cronograma definido. Será do dia 10 de abril a 19 de maio para todos os grupos prioritários. A campanha de atualização da Caderneta de Vacinação do Adolescente será em setembro, do dia 11.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO