CER amplia de 7 mil para mais de 50 mil atendimentos por ano

O Centro Especializado em Reabilitação (CER) de Campina Grande se tornou uma referência importante na assistência a pessoas com todos os tipos de deficiências na Paraíba. Atualmente são atendidas mais de 2.800 pessoas de 183 municípios diferentes. Em 2018 foram realizados 51.888 atendimentos e procedimentos.

Isso representa um crescimento no número de atendimentos de mais de 600% desde 2016, quando foram realizados 7.206 atendimentos e procedimentos. O CER funciona onde antes ficava a AACD, que foi municipalizada justamente em 2016. No ano seguinte, 2017, o balanço já subiu para mais de 50 mil atendimentos e agora ultrapassou os 50 mil.O Centro foi municipalizado pelo prefeito Romero Rodrigues para continuar prestando assistência às pessoas com deficiência. O serviço passou por qualificação do Ministério da Saúde e agora é um CER do tipo IV, o que permitiu sua ampliação para atender a todos os tipos de deficiência.

O maior número de procedimentos realizados em 2018 foi o de sessões de fisioterapia. Foram 1.473 sessões no ano, mas ainda têm os serviços de enfermagem, fonoaudiologia, neurologia, nutrição, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pedagogia, pediatria, psicologia, serviço social e terapia ocupacional.O espaço atende crianças, adultos e adolescentes que tiveram Acidente Vascular Cerebral, doença neurológica, mielomeningocele, paralisia cerebral, poliomielite, má formação congênita e doenças raras. O CER também recebeu as crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus, microcefalia e promove a reabilitação da Atrofia Muscular Espinhal.

No fim do ano de 2018, o prefeito Romero Rodrigues também entregou ao CER um carro especial adaptado para o transporte de pessoas com deficiência. O veículo está sendo usado para buscar os pacientes de Campina Grande para o serviço, garantindo a continuidade do tratamento para aqueles que têm dificuldade de deslocamento e proporcionando mais segurança e conforto para os pacientes no trajeto para o Centro.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO