Em quatro anos Cerest atendeu quase dois mil profissionais com problemas de saúde relacionados ao trabalho

cerastO Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest – Campina Grande) desenvolveu, ao longo da primeira gestão do prefeito Romero Rodrigues, importantes serviços na área da promoção, prevenção, assistência e vigilância na área da Saúde do Trabalhador (ST). O Cerest é vinculado à Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com balanço do Cerest, nos últimos quatro anos foram atendidos 1.812 trabalhadores que apresentaram problemas relacionados às doenças e acidentes de trabalho. Entre os casos registrados na unidade de ST, são elencados os acidentes graves, com mutilação de membros superiores e com objetos perfurocortantes, bem como as doenças ocupacionais (LER/DORT, transtorno mental e intoxicação exógena, entre outras).

O Centro de Referência, que possui abrangência em 70 municípios, formando a 2ª Macrorregião de Saúde do Estado, também notificou, nos últimos quatro anos, 19 acidentes fatais envolvendo trabalhadores durante suas atividades laborais. Nesse mesmo período o Cerest-CG realizou várias ações educativas, sendo 295 palestras e 15 eventos com ênfase em saúde do trabalhador.

Por determinação do Ministério Público do Trabalho (MPT), Sindicatos de trabalhadores, Previdência Social e demandas espontâneas, a equipe técnica do órgão realizou 208 inspeções relacionadas a ambientes e processos de trabalho, com o objetivo de estabelecer nexo causal.

Segundo o coordenador geral (interino) do órgão, Windsor Ramos da Silva Júnior, na gestão do prefeito Romero Rodrigues foi possível executar as ações em ST no âmbito da 2ª Macrorregião, uma vez que a Prefeitura de Campina Grande não mediu esforços para oferecer apoio logístico para consolidar o trabalho do Cerest-CG.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO