Equipe técnica da Prefeitura do Recife visita Campina Grande para conhecer política de educação especial da rede municipal

Uma equipe da Secretaria de Educação da Prefeitura do Recife, Pernambuco, fez uma visita ao município de Campina Grande, na última sexta-feira, 26, para conhecer as ações realizadas dentro da política de educação especial do município. Inicialmente, o grupo se reuniu na Secretaria Municipal de Educação (Seduc) e deu sequência ao encontro com os professores das salas de Atendimento Educacional Especializado e visita a uma das creches que atende crianças com a Síndrome Congênita do Zika Vírus.

A vinda da equipe a Campina Grande foi definida após o município ser reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), como referência na política de educação especial. “Foi uma experiência importante porque nós tivemos a oportunidade de apresentar toda a normatização que temos para o funcionamento da política de educação especial” disse a secretária municipal de Educação, Iolanda Barbosa. A secretária Iolanda acrescentou que o sucesso das ações desenvolvidas, em Campina Grande, é resultado do comprometimento do prefeito Romero Rodrigues na vinculação de recursos próprios do município dentro da política de financiamento da educação especial. “Essa vinculação tem sido determinante para que a política de educação especial ocorra e alcance os resultados que nós temos hoje, a ponto de ser referenciada pelo Ministério da Educação”, declarou. O diretor-executivo de gestão pedagógica da Secretaria de Educação do Recife, Rogério Morais, destacou a necessidade do intercâmbio entre os municípios para que ações exitosas, realizadas em Campina Grande, possam ser implantadas e desenvolvidas em outras cidades.“A gente já fazia trocas de experiencias com o município de Campina Grande há certo tempo. Já implantamos algumas ações no Recife que foram inspiradas em ações daqui e mantemos diálogo permanente com a professora Iolanda Barbosa. Hoje, nós tivemos a oportunidade de conhecer tudo com detalhes, com todas as instruções normativas, orientações, formações, tudo muito bem documentado” frisou. Entre as ações realizadas pela Seduc na educação especial estão: a formação de professores de salas regulares; formação de professores de sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE); a oferta de cuidadores, com formação específica; os cursos de formação continuada, a exemplo do curso de Libras; os materiais didáticos e instrumentos de avaliação produzidos pela Seduc; como também o mapa de atendimento e acompanhamento de crianças com dependências e deficiências, fortalecendo a garantia do direito de aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO