STTP_direito_transito

Estudantes e operadores do Direito participam na FIEP da Jornada “Direito e Cidadania no Trânsito”

Foi realizada na manhã desta sexta-feira, 19, no auditório da FIEP, a Jornada “Direito e Cidadania no Trânsito: Minha escolha faz a Diferença”. O evento, realizado dentro da Programação da Campanha Maio Amarelo, foi uma promoção da Prefeitura de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), em parceria com os alunos das faculdades UNIFACISA, Cesrei, Maurício de Nassau, UEPB e UNESC.

O superintendente da STTP, Félix Neto, fez a abertura do evento, ao lado do secretário municipal de Planejamento, André Agra, que na ocasião representou o prefeito Romero Rodrigues. O músico de Campina Grande, Roninho do Acordeon, apresentou os hinos Nacional e de Campina Grande. Em seguida, o grupo teatral “Cordel Encanto” fez uma encenação, retratando a imprudência que ocasiona acidentes de trânsito.

Para um auditório lotado, renomados palestrantes promoveram a discussão, o debate e o aprofundamento sobre o conhecimento do Direito, com ênfase nos crimes praticados no trânsito. Após a cerimônia de abertura, Daniela Gurgel, representante do Observatório Nacional de Segurança Viária, falou sobre os objetivos da criação do Movimento Maio Amarelo, pela ONG no Brasil.

“Superamos todas as expectativas quanto ao sucesso do evento. Atingimos o objetivo. Com um seletivo público e palestrantes de nível espetacular. Estamos fazendo nossa parte e continuamos a seguir com o restante de nossa programação”, afirmou o dirigente da STTP, Félix Neto.

A primeira mesa redonda foi formada por Henrique Luduvice (Diretor Geral do Departamento de Estradas de Rodagem DER/DF) e criador da Campanha Paz no Trânsito, na Capital Federal. Ele falou sobre a Cidadania no trânsito e o Maio Amarelo, tendo como debatedor o Capitão Ralysson Andrade, Comandante da 3ª CPTRAN.

O renomado professor de Direito Penal e Direito Processual Penal, do Complexo de Ensino Renato Saraiva (CERS), Geovane Moraes, falou sobre “Crimes no Trânsito”, tendo como debatedor  Dmitri Amorim, também promotor e professor universitário. A mesa foi presidida pelo advogado e professor de direito penal e processual penal, Félix Araújo Neto. Ainda integraram a 2ª mesa, os advogados e professores Carla Pedrosa; Rodrigo Rabelo; Sheyner Asfora e Técio de Souza Mota, coordenador do Curso de Direito da Unifacisa.

O evento foi encerrado com a palestra “Paz no Trânsito: uma decisão coletiva, uma opção cotidiana”, ministrada por Horácio Mello e Cunha Santos (Presidente do Fórum Nacional dos Conselhos de Trânsito – FOCOTRAN) e do CETRAN – GO, tendo como debatedor Francisco Iasley, delegado de Policia Civil e professor universitário. O secretário de Ciência e Tecnologia de Campina Grande, Dunga Júnior, presidiu a última mesa de debates da Jornada.

 Ainda participaram do evento agentes e policiais de trânsito, convidados da sociedade civil, parceiros da Campanha Maio Amarelo e membros representantes do Sistema Nacional de Trânsito, a exemplo de uma equipe do 4° BPTRAN de Patos, sob o comando do Capitão Leonildes.

“Estou muito encantada com o que presenciei em Campina Grande. Trabalho fantástico da STTP e que deve ser mostrado para todo o país. Parabéns a todos pela organização geral da campanha”, observou Daniela Gurgel, representante do Maio Amarelo Nacional. No quiosque interativo, na recepção do evento, foi realizada distribuição de folheteria, adesivos e brindes da campanha.

Fonte: Codecom

Print Friendly
PDF Creator    Enviar artigo em PDF   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO