Grupos Folclóricos se apresentam no Parque do Povo

Acauã, Tropeiros, Companhia Livre e Caetés em   exibição conjunta

O Parque do Povo ganhou um espetáculo inédito no Maior São João do Mundo. N noite desta terça-feira, 26,   quem esteve cedo no Parque do Povo pôde contemplar uma apresentação inédita  com os grupos folclóricos de Campina Grande, que são eles: Acauã da Serra, Tropeiros da Borborema, Companhia Livre o Caetés além da quadrilha Junina Mistura Gostosa.

A união dos grupos folclóricos de Campina Grande celebra a força e a pujança do folclore brasileiro,   que acrescentou ao Maior São João do Mundo uma apresentação autentica do gênero

Os coordenadores tiveram a ideia de realizar uma procissão lúdica, fazendo alusão aos Santos do ciclo junino, usando todo o espaço do Parque do Povo (palco Ton Oliveira, Palhoças e a pirâmide).

O passeio chamou a atenção em razão do  coloridos das roupas e suas individualidades; cada grupo chama atenção por suas particularidades em razão de sua identidade própria, exibindo   um trabalho diferente. Os turistas elogiaram e interagiram participando do momento final em que reuniu todos os grupos, em dança conjunta.

Os grupos se apresentam de janeiro a janeiro e representam a Paraíba,   não só no Brasil, mas também no exterior, onde levam o nome de Campina Grande para os quatro cantos do mundo.

Para Mauro Araújo, coordenador do grupo Companhia Livre, o grupos folclóricos campinenses  têm a responsabilidade de está mantendo viva as tradições originais do São João e todas as festa durante o ano, como Natal e Carnaval, sendo grupos que resgatam e mantêm viva as tradições culturais.

José Cristovão Andrade, pró-reitor de cultura da UEPB, falou sobre as viagens pelo Brasil e pelo mundo do Acauã da Serra, grupo vinculado à instituição a que coordena, além dos recursos financeiros que precisam captar para as viagens. Ele revelou que o grupo se programa fazendo campanhas durante anos com empresas e prefeituras, além do apoio da faculdade.

Além do Parque do Povo, os grupos também se apresentam aos sábados e/ou domingos na Vila do Artesão.

Texto: Edvânia Leite

Fotos: Matheus Araújo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO