Mães de bebês com microcefalia são recebidas por prefeito em exercicio e conhecem futuras moradias no Aluízio Campos

ronaldo_maes_microcefalia_aluisio_camposO prefeito em exercício de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho, recebeu na manhã desta terça-feira, dia 6, as mães de bebês com microcefalia que serão beneficiadas com 30 casas no Complexo Aluízio Campos. O encontro, marcado pela emoção, também teve o acompanhamento do secretário municipal de Obras e Planejamento, André Agra. As autoridades municipais prestaram todas as informações sobre a estrutura das casas, localizadas nas proximidades de equipamentos comunitários, como escolas, postos de saúde e de creches.

Segundo Ronaldo Filho, desde o início da epidemia da síndrome da zika congênita, que causa alterações neurológicas como a microcefalia, a Prefeitura vem tomando medidas para assegurar o tratamento das crianças, a exemplo do ambulatório especializado do Hospital Municipal Pedro I, que hoje se tornou referência no cuidado humanizado às crianças com microcefalia. “Contudo, a gestão, capitaneada pelo prefeito Romero Rodrigues, vai muito além, daí a destinação de casas às mães cujos filhos nasceram com microcefalia”, afirmou.

Lembrou que a Prefeitura está construindo 4.100 moradias, dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida, mas a inclusão das famílias de crianças com microcefalia, dentro dos critérios prioritários, foi uma iniciativa da atual gestão municipal, servindo de exemplo para todo o país. “A partir do modelo de Campina Grande, o Governo Federal estabeleceu, recentemente, o mesmo critério, em relação à microcefalia, para todos os projetos de habitação do programa em âmbito nacional”, enfatizou.

Conforme esclareceu, a destinação de residências para famílias campinenses que possuem crianças com microcefalia surgiu da necessidade de amenizar o impacto da doença na vida dos pais dos bebês. “Além destas famílias se livrarem do peso do aluguel, pessoas com este tipo de realidade comum poderão, por serem vizinhas, trocar experiências e compartilhar solidariedade”, justificou.

Ao destacar que esta visita representou um dos momentos marcantes da sua passagem como vice-prefeito e prefeito em exercício de Campina Grande, Ronaldo Cunha Lima Filho disse que as mães puderam conhecer as casas onde, futuramente, irão dignamente residir. Neste contexto, o secretário André Agra avaliou a visita como sendo muito proveitosa, proporcionando muita alegria para dezenas de mães carentes de Campina Grande, as quais, finalmente, vão realizar o sonho da casa própria.

Por parte das mães, a senhora Alessandra de Sousa Amorim disse estar impressionada com a “grandiosidade e beleza do Aluízio Campos”, acrescentando que todas estarão concretizando um “sonho”. Chegou a afirmar que “a PMCG tem sido tudo em nossa vida, pois tem dado todo apoio e assistência às crianças com microcefalia”, sobretudo, agora, com a garantia de que famílias carentes vão se livrar de despesas com aluguel, podendo direcionar recursos familiares para a finalidade de atender seus filhos.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO