No Dia das Hepatites Virais, Secretaria de Saúde realiza testes

A Secretaria de Saúde de Campina Grande vai disponibilizar nesta terça-feira, 28, testes de Hepatite na Praça da Bandeira, no Centro da cidade. A ação em alusão ao Dia Mundial das Hepatites Virais começa às 8h e segue até as 17h. As hepatites têm cura em mais de 90% dos casos, de acordo com o Ministério da Saúde. Por isso, é importante fazer o teste e se prevenir.

Além desta ação, a Secretaria realiza os testes diariamente pela manhã e à tarde no Centro de Aconselhamento e Testagem – CTA, que fica no Centro de Saúde Francisco Pinto. O interessado precisa somente levar RG e Cartão SUS para fazer o teste.

Do CTA, os pacientes com diagnóstico positivo da doença são encaminhados para o Serviço de Atendimento Especializado – SAE, onde recebem acompanhamento e assistência de uma equipe multidisciplinar com exames e medicamentos e o atendimento de um infectologista. O local atende atualmente 43 pacientes, que têm entre 27 e 70 anos de idade.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Hepatologia, 1,5 milhão de pessoas no Brasil convive com a hepatite C, a forma mais grave da doença. As hepatites virais consistem na inflamação do fígado e são causadas, principalmente, por cinco tipos de vírus (A, B, C, D e E). “Elas podem agir silenciosamente e se o diagnóstico for feito tardiamente, o paciente pode apresentar um quadro avançado de cirrose ou câncer no fígado”, disse o infectologista da rede municipal José Araújo.

Em Campina Grande, os casos de morte por cirrose e doenças crônicas do fígado caiu de 2011 em diante. No primeiro ano, foram 50 mortes, seguidos de 34 óbitos em 2012 e mais 34 em 2013, No ano passado o número caiu para 32 e nos quatro primeiros meses de 2015 foram 4 mortes. Em 2014 foram registradas 27 mortes em função do câncer de fígado na cidade.

PÚBLICO-ALVO – A Campanha Julho Amarelo, do Ministério da Saúde, alerta para a necessidade de as pessoas que nasceram entre os anos de 1945 e 1975 fazerem o teste da hepatite C. A justificativa é que elas estão mais expostas à doença, já que vivenciaram um período em que eram comuns o uso de seringas de vidros e transfusões de sangue não testados para a hepatite C, descoberta apenas em 1989.

AÇÕES – A Secretaria de Saúde de Campina Grande instalou recentemente o SAE em novo espaço para atender mais adequadamente os pacientes. Os locais são adaptados para receber as pessoas e fazer os atendimentos e procedimentos necessários. O SAE fica na Avenida Siqueira Campos, 658, no bairro da Prata e o telefone é o 3322-3272. A Secretaria também realiza ações educativas durante todo o ano e no Hospital Dr. Edgley Maciel, a Prefeitura Municipal de Campina Grande criou uma sala de hemodiálise para pacientes com hepatite B e outra sala para pacientes com hepatite C, para evitar o contato com outros pacientes e o contágio da doença.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO