Pacto pela Alfabetização prepara professores para o letramento de alunos com necessidades especiais

pacto_alfabetizacaoA Secretaria de Educação da Prefeitura de Campina Grande realiza neste sábado, 22, a abertura do Programa de Formação de Educadores do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Participam do Programa 419 professores da Rede Municipal de Educação.

Nesta edição do PNAIC, o foca será a educação inclusiva e o uso da arte como ferramenta pedagógica nas séries iniciais do ensino fundamental.

A abertura será dividida entre os dois lugares onde o programa de formação será realizado. Às 8h30 da manhã, o acolhimento aos professores acontecerá no auditório da Escola Municipal Roberto Simonsen, no bairro de São José. Em seguida, às 10 horas, será a vez das turmas inscritas para a formação no auditório do Centro de Tecnologia Educacional (CTE), localizado por trás do Museu Vivo da Ciência.

Cada um dos 419 alfabetizadores inscritos no PNAIC receberá uma bolsa no valor de R$ 200,00 mensais, pagamento efetuado diretamente pelo Governo Federal. O programa de formação terá duração de um ano, sendo composto por sete módulos temáticos. Está prevista ainda a realização, no final do ano, de um Seminário do PNAIC que agregará educadores de 43 municípios da região polarizada por Campina Grande.

A educação inclusiva será o eixo central do PNAIC 2015, visando o acolhimento ao educando portador de necessidades especiais, seja com limitações físicas ou intelectuais. “Nosso foco será preparar o professor para lidar com as crianças especiais em sala de aula, sem necessidade de retirada da turma para a realização das atividades de ensino e aprendizagem”, explicou Ana Lúcia Souza, coordenadora do PNAIC no município.

Outro eixo será o uso da arte enquanto ferramenta pedagógica, atendendo a uma demanda do corpo docente. “Identificamos que muitos professores ainda enfrentam dificuldades em usar a arte em sala de aula. Vamos trabalhar esse tema com o intuito de promover e estimular o uso da arte nas séries iniciais, contribuindo com o processo de letramento”, afirmou a professora Ana Lúcia.

No PNAIC, são desenvolvidas ações que contribuam para o debate acerca dos direitos de aprendizagem das crianças do ciclo de alfabetização; para os processos de avaliação e acompanhamento da aprendizagem dos educandos; para o planejamento e avaliação das situações didáticas; para o conhecimento e uso dos materiais distribuídos pelo Ministério da Educação, voltados para a melhoria da qualidade da alfabetização.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO