Procon de Campina Grande divulga pesquisa com opções de presente para Dia dos Pais

Já está disponível no site do Procon de Campina Grande uma pesquisa de preços com 47 opções de presentes para o Dia dos Pais, que será comemorado no próximo domingo, 12. O levantamento traz produtos para cuidados pessoais e embelezamento masculino, acessórios tecnológicos e itens para casa.

Dos itens pesquisados chama a atenção para o preço dos aparelhos celulares. Uma mesma marca de telefone apresentou uma variação de preços de até 18,20% de uma loja para outra. O mesmo aparelho estava sendo vendido por R$ 1.099,00 em um estabelecimento, enquanto outra loja apresentar o preço de R$ 1.299,00.

Ou seja, se o consumidor não pesquisar bem pode pagar cerca de R$ 200 a mais num mesmo presente. No levantamento feito pelo Procon Municipal, apenas os celulares foram pesquisados a partir da marca. Nos demais itens levou-se em consideração o melhor preço e os produtos que mais saem.

“A coleta de preços foi realizada no período de 1 a 3 deste mês, então como o Dia dos Pais está próximo, quem ainda não comprou o presente pode se deparar com o produto apresentado na pesquisa com um valor maior ou menor. A recomendação é que sempre vale a pena fazer uma boa pesquisa antes de se decidir pela compra”, orienta o coordenador executivo do Procon campinense, Rivaldo Rodrigues.

Para conhecer a Pesquisa do Dia dos Pais 2018 acesse: http://procon.campinagrande.pb.gov.br/category/pesquisa-de-preco/.

O Procon de Campina Grande orienta ainda que o consumidor precisa ficar atento às orientações do Código de Defesa do Consumidor (CDC) para não ter dor de cabeça depois. Algumas dicas que vão ser úteis no processo de compra foram elencadas pelo órgão. Confira:

1 – Produto em promoção ou liquidação, possui as mesmas garantias previstas no CDC;

2 – Na compra de eletroeletrônicos, peça para testar o funcionamento do aparelho;

3 – Se for comprar pela internet, consulte o histórico da empresa em sites de busca como o Reclame Aqui, formas de entrega, se há exceções com relação a horário, localidade ou em caso de apartamento, o andar. Algumas lojas se negam a entregar produtos em apartamentos acima do 3º andar, e verifique se a loja informa dados como CNPJ, endereço, telefone ou e-mail;

4 – Nas compras feitas pela internet, por telefone ou catálogo, existe o “direito de arrependimento” para desistir da compra sem qualquer motivo. O prazo para desistência é de sete dias, a contar da data de recebimento do produto;

5 – No pagamento com cartão de débito/crédito, poderá haver diferenciação de preços em relação a valores pagos em dinheiro;

6 – A loja não é obrigada a trocar o presente que não tenha defeito. No entanto, se o vendedor afirmar que realizará a troca, em qualquer situação, o consumidor deverá solicitar por escrito essa promessa;

7 – A garantia legal de produto/serviço não durável é de 30 dias e de produto/serviço durável é de 90 dias, de acordo com o CDC;

8 – A garantia legal é complementar à contratual. Portanto, se um produto tem garantia do fabricante de 12 meses, a garantia total deverá ser acrescida de mais 90 dias da garantia legal, ou seja, 15 meses;

9 – Se houver divergência entre o preço anunciado com o registrado no caixa, o consumidor deverá pagar o menor valor;

10 – Peça a nota fiscal com a discriminação do produto ou do serviço detalhadamente.

Como denunciar

Denúncias podem ser realizadas por telefone através do 151, número gratuito da Central de Atendimento ao Consumidor, no Fale Conosco no site do Procon de Campina Grande (http://procon.campinagrande.pb.gov.br/) ou ainda pelo aplicativo de celular Procon Móvel CG, disponível no sistema Android e iOS.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO