Rede hoteleira com capacidade quase esgotada para o evento

Faltando apenas sete dias para a abertura do Maior São João do Mundo, a procura por reserva na rede hoteleira está aumentando consideravelmente. De acordo com informações do presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Campina Grande, Divaildo Júnior, na primeira semana da festa junina, 75% dos leitos da rede hoteleira estão reservados. No entanto, a perspectiva é que esse número deve chegar a 90%.

Campina Grande conta com aproximadamente 3.200 leitos. A ocupação começa no dia 1º de junho e vai até 2 de julho, quando termina o Maior São João do Mundo. Os hotéis estão oferecendo pacotes, os mais procurados são para os finais de semana. Tem hotéis que já estão com 100% de ocupação para o período de 22 a 25 de junho. A maioria das reservas é feita através de aplicativos.

De acordo com o setor de reservas, o Hotel Central, localizado na Rua Venâncio Neiva, já está com 95% de ocupação para os finais de semana do mês de junho. No Garden Hotel, 80% dos pacotes foram comercializados.

No Village Premium, no final de semana do São João está com 90% de ocupação, nas demais semana com 70% de reservas. No Village Confort, o período de 22 a 25 de junho está com todos os leitos reservados.

O hotel Serrano ainda conta com pacotes para finais de semana à venda. De acordo com informações do setor de reservas 73% dos leitos estão reservados.

Através de uma parceria com o Grupo 6 Sigma, a rede hoteleira vai ser monitorada através de pesquisa para se ter um quadro de ocupação, não apenas na época junina, mas durante todo o ano.
Campina Grande vai contar com três novos empreendimentos no setor de hotelaria, que devem ser inaugurados até o final do ano.

Divaildo Júnior está preocupado com essa paralisação dos caminhoneiros, não apenas no que diz respeito aos combustíveis, mas nos desdobramentos advindos dessa situação se perdurar por mais tempo. ‘A gente teme por um desabastecimento total. Hoje, na Empasa, as frutas praticamente desapareceram. Infelizmente todos os setores serão prejudicados’, completou.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO