Samu Campina Grande atendeu mais de 50 mil ocorrências em 2018

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) de Campina Grande atendeu no ano passado 53.219 ocorrências, o que representa 2,6% a mais que o número de atendimentos realizados em 2017, quando foram feitos 51.771 socorros. As ambulâncias de Campina Grande também atendem aos distritos e às cidades circunvizinhas de Puxinanã, Massaranduba, Serra Redonda e Fagundes, o que representa uma população de quase meio milhão de pessoas.

O SAMU-CG também é responsável pela regulação do serviço em 26 bases descentralizadas abrangendo mais 54 cidades, ou seja, é a central de Campina Grande que coordena o atendimento das ligações e o envio das ambulâncias e equipes de socorro para esses municípios. O número de ocorrências em Campina Grande equivale a 70% de todos os atendimentos realizados nessa região.

A maioria dos atendimentos é de casos clínicos, seguidos por vítimas de traumas, casos psiquiátricos pediátricos e obstétricos, inclusive com partos. Uma novidade, implantada em 2018, foi o serviço específico para atendimentos de saúde mental. Um psiquiatra acompanha a equipe de enfermeiro, socorrista e médico para auxiliar na assistência a pessoas com problemas de saúde mental.

Para melhorar e ampliar o serviço, em 2018 houve uma renovação de frota com novas seis novas ambulâncias, sendo uma delas equipada para locais de difícil acesso. O SAMU também conta com dez motolâncias, que são utilizadas para chegar mais rapidamente no local solicitado e iniciar os primeiros socorros, e quatro ciclolâncias, usadas para dar suporte em locais de movimentação e de realização de atividades físicas, como o Parque da Criança.

Outro dado importante foi a redução no número de trotes no serviço. Pelo quinto ano consecutivo, o número caiu. A queda, entre 2017 e 2018, foi de 85%. Em 2017 foram mais de 51 mil trotes e no ano passado foram 7.941 falsas solicitações de socorro. No comparativo com 2013, a queda é ainda maior. Naquele ano foram 235 mil trotes. O número é resultado do trabalho do Samu na Escola, lançado em 2014, e que promove conscientização sobre o serviço nas escolas.
Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO