São João do Carneirinho mantém resgate a manifestações da cultura de raízes do Nordeste

Com o objetivo de mostrar os festejos juninos na sua forma mais tradicional e preservar a cultura nordestina com suas raízes, aconteceu nesta terça-feira, 13, a quarta edição do São João do Carneirinho.

Esse ano o evento foi realizado no Memorial Severino Cabral, na rua Getúlio Vargas,  no centro de Campina Grande. A festa apresentou quadrilhas tradicionais e o autêntico forró-pé-de-serra.

imagem

Se apresentaram no São João do Carneirinho os músicos Edgley Miguel e Luizinho Calixto, considerado o principal nome da sanfona de oito baixos no Nordeste, além da cantora Sandra Belê.

Vários grupos populares estiveram presentes na festa de raízes da cultura Nordestina, dentre eles os Tropeiros da Borborema, Acauã da Serra e Companhia de Projeções Folclóricas Raízes.imagem

O secretário de Cultura da Prefeitura de Campina Grande, Joia Germano, destacou que as raízes culturais do povo nordestino devem ser mantidas. Ele reiterou que o evento idealizado pela professora Eneida Agra Maracajá é digno de apoio e elogios.

Por sua vez, a ativista cultura comentou que “não faço nenhuma crítica à festa midiatizada, mercadológica”, mas ponderou que “só não se pode negar o tradicional”.

imagem

“As manifestações culturais de raízes não passam. Elas continuam existindo. É possível conviver com a inovação, agora o que não podemos aceitar de forma nenhuma é a descaracterização total de nossa festa”, opinou Eneida.

Fonte: Codecom

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO