Secretária de Educação rebate críticas sobre as creches

Iolanda_EscolaAo rebater criticas de setores de oposição na Câmara Municipal, a secretária de Educação e Cultura de Campina Grande, Iolanda Barbosa, esclarece que alguns problemas advém do atraso no repasse dos recursos federais.

Explicou  desde novembro recebe recursos do “Brasil Carinhoso”,  que visa a garantir manutenção de creche, mas o FNDE só liberou a resolução em fevereiro. “Em fevereiro fizemos o levantamento de todas as demandas de creche para licitarmos e o processo de brinquedos pedagógicos para creche já está pronto para licitar”, assegurou.

Quanto ao item segurança de escola, Iolanda informou que encaminhou para Comissão de Licitação o processo licitatório relativo  à cerca e alarme para todas as nossas unidades. Porém, destacou que o problema de vandalismo nas escolas municipais e estaduais é de Segurança Pública e outros órgãos e Unidades Federativas, responsáveis que são constitucionalmente.

A secretária de Educação garantiu que abastecimento foi regularizado e o problema foi gerado pela logística de distribuição do fornecedor que ganhou a licitação. O abastecimento ocorria em 25 creches, sendo que hoje o município é responsável pelo suprimento em 35 unidades, depois que assumiu mais 10 que pertencia ao estado.

Iolanda também enfatizou a nova realidade  das creches em Campina Grande, que hoje contam com  nutricionista elaborando e acompanhando o cardápio das creches.

“Isso nunca houve em governo nenhum. Mudamos o enxoval da creche que era o mesmo desde o tempo de Cássio. “Temos cuidador para criança especial permanecer na unidade com  qualidade no acompanhamento desde a educação infantil. Essa  foi uma ação do governo Romero para garantir a permanência da criança especial na unidade”,  acentuou.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO