Secretaria de Saúde alerta para riscos de focos de Aedes aegypti com chuvas

A Secretaria de Saúde de Campina Grande está elaborando um plano de operação para combater os focos do mosquito Aedes aegypti no município, principalmente por causa das chuvas. A Coordenação de Vigilância Ambiental pretende alertar a população para a necessidade de combate ao transmissor da dengue, zika e chikungunya, já que os casos de pessoas doentes tem aumentado na cidade.

As ações vão começar no próximo dia 10 de julho, com uma grande ação que será desenvolvida na zona leste. “O período de chuvas é um agravante para a proliferação dos mosquitos. Por isso, vamos realizar essa ação dando continuidade ao trabalho que já estamos executando desde o início do ano. As pessoas também precisam se conscientizar para eliminar esses focos”, frisou a Coordenadora de Vigilância Ambiental, Rossandra Oliveira.

O novo Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti apontou que o número de casas com focos do mosquito subiu de 4,5% para 6,1%. Os bairros com maiores índices são o Cruzeiro e o Jardim Paulistano (11%).

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO