Semas realiza companha de combate à violência contra a pessoa idosa

A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), realiza nas escolas municipais uma campanha de sensibilização e combate à violência contra a pessoa idosa, intitulada “A Vida é um Ciclo. Cuide de quem cuidou de Você!”. Todas as ações são coordenadas por meio da Gerência da Pessoa Idosa.

Equipes dos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) realizarão, nos meses de junho e julho, palestras nas escolas públicas dos ensinos Fundamental e Médio, localizados nos territórios dos Centros de Referência Especializados em Assistência Social (CREAS).

O objetivo é sensibilizar a comunidade estudantil, da faixa etária entre 12 e 17 anos, sobre a violência contra a pessoa idosa e também incentivar a cultura do respeito, da valorização do cuidado e o fortalecimento dos vínculos a partir do ambiente familiar de modo a prevenir a violência.

Foi instituída pela Rede Internacional de Prevenção de Maus Tratos à Pessoa Idosa, em parceria com a Organização das Nações Unidas (ONU), a data 15 de junho como o Dia Mundial de Conscientização sobre a Violência Contra a Pessoa Idosa, tendo sido celebrado pela primeira vez em 2006, com a realização da campanha em todo o mundo.

As técnicas em assistência social da Semas abordarão a temática utilizando ferramentas midiáticas e rodas de conversa divulgando os canais de denúncias que deverão ser utilizados nos casos de violação dos direitos, através de denúncias anônimas (pelo disque 100 e disque 123), delegacia do Idoso, Ministério Público, Conselho Municipal do Idoso e CREAS.

Segundo a gerente da Pessoa Idosa, Rosemary Guimaraes, o tema da campanha será trabalhado durante todo o ano, principalmente para a valorização e incentivo à cultura do respeito. “O tema foi criado baseado na avaliação da campanha do ano anterior e em dados estatísticos, obtidos através da Vigilância Socioassistencial, por denúncias ao disque 100, Ministério Público, CREAS e demais fontes onde foram apresentados números expressivos sobre violência intrafamiliar, tipicamente discriminados como negligencia, violência psicológica e patrimonial”, detalhou a gerente.

O artigo 3 do Estatuto do Idoso lembra que é obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do poder público assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, saúde, alimentação, educação, cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, a cidadania, liberdade, dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO