Vila do Artesão fará parte de Projeto desenvolvido pelo Departamento de Comunicação da UEPB

nelson_vila_uepbO presidente da Agência Municipal de Desenvolvimento, Nelson Gomes,  reuniu-se na manhã desta segunda-feira (6), com o professor do Departamento de Comunicação da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Arão de Azevedo, para discutirem a viabilidade da participação da Vila do Artesão no projeto Laboratório de Grandes Reportagens (Labgran). O projeto tem como meta produzir um livro-reportagem sobre a economia da Cultura Popular em Campina Grande e região.

Segundo explicou o professor da UEPB, Arão de Azevedo, o artesanato será parte do projeto Labgran. A apuração das informações sobre o artesanato e os artesãos campinenses, serão posteriormente disponibilizadas para o público em geral, em diversas plataformas de distribuição dos conteúdos jornalísticos, a exemplo de e-book, site, Youtube e Facebook, além da divulgação no Seminário Os Festejos Juninos no contexto da Folkcomunicação e da Cultura Popular, que ocorrerá na primeira semana de Julho.

O presidente da AMDE, vereador Nelson Gomes aprovou a proposta e de imediato se dispôs a fornecer todas as informações necessárias sobre a Vila do Artesão para a elaboração do Projeto Labgran. “Esse projeto só vem a enriquecer mais ainda o trabalho de divulgação do nosso artesanato. Será uma forma de localizar os campinenses, sobretudo os turistas que visitam e que pretendem visitar a nossa cidade e conhecer o artesanato desenvolvido em Campina Grande. Aprovamos a ideia e faremos tudo que for possível para colaborar para sua efetivação”, destacou Nelson.

O professor Arão de Azevedo falou sobre a importância da participação efetiva e da colaboração da Agência Municipal de Desenvolvimento (AMDE) para a elaboração do Projeto Labgran. Ele afirmou que o conteúdo possibilitará ao leitor, navegar em conteúdos jornalísticos em profundidade, apresentando como artesãos, agricultores, quadrilhas juninas, trios de forró, vendedores ambulantes, comércio, rede hoteleira e a Prefeitura Municipal se organizam para as festas juninas.

“O Labgran propõe-se a difundir informações em profundidade e atrelamento as possibilidades que a internet nos propicia, com o uso das narrativas transmídia, ou seja, faremos uma distribuição dos conteúdos jornalísticos de maneira que haja uma articulação entre as plataformas que disponibilizaremos para a distribuição desses conteúdos jornalísticos, de forma a atingir um maior número de leitores de forma mais impactante”, pontuou Arão.

Fonte: Codecom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.

TOPO